27 de jan de 2012

26 de jan de 2012

Claudia Homofóbica? Será?

Associações de direitos GLS e fãs gays de Claudia Leitte estão uma fera com a cantora e a ameaçam até com boicote. A loura - que deu uma entrevista a Léo Áquilla, para o "TV Fama" - foi questionada pela drag sobre a possibilidade de seu filho, que vai nascer no começo do ano que vem, ser homossexual. "Eu adoro os gays, mas prefiro que meu filho seja macho", disse Claudia.

Depois, o marido da cantora, Márcio Pedreira, ainda deu sua opinião. "Deus me livre (do filho ser gay). Ele será bem criado". Para a coluna, Léo Áquilla contou que ficou chocado com as respostas. "Eu também fui muito bem criado", desabafou o artista.

"Foi uma frase infeliz, lamentável. Ela, que tem um público GLBT fiel, não tem o menor tato para dialogar com tanta gente", afirma Alexandre Santos, presidente da Associação do Orgulho GLBT de São Paulo. "Ao revelar que não quer um filho gay, isso é um sinal de uma família não está preparada para educar uma criança. Uma vez, uma mãe me disse uma coisa linda: "Antes de ser gay, ele é meu filho". É isso que conta, para milhões de pais, a homossexuliade de seu filho não faz a menor diferença, pois eles têm orgulho do caráter".
Júlio César Ávila Dias, da Associação Goiana de Gays, Lésbicas e Transgêneros foi além: "Vamos fazer um repúdio. Faremos ações entre a comunidade para que boicotem os shows e nem comprem produtos com o nome dela. Queira ou não, grande parte dos fãs dela é de homossexuais", alega Dias. Procurada pela coluna, Claudia respondeu às críticas através de seu assessor de imprensa, Paulo Roberto Sampaio: "A resposta de Claudia Leitte está na própria frase dita por ela: "Eu adoro os gays!"".


Bom, eu acho que ela se expressou mal, mas... vamos ver no que dá...



Ah, achei essa foto na net:



Ah, e foi o marido dela quem falou essa frase ok? (:



Beijos,


Valeu ;))

19 de jan de 2012

-Especial- Resident Evil 6

REPAGINADA TOTAL!
A Capcom anunciou para o final de novembro de 2012 a sexta edição direta da franquia "Resident Evil". Convenientemente chamado "Resident Evil 6", o jogo terá diversas ambientações e trará dois personagens icônicos para os fãs ao estrelado.
De um lado, Leon Scott Kennedy, agente especial norte-americano e amigo pessoal do presidente, está guardando o homem mais poderoso do mundo quando este resolve revelar a verdade sobre os incidentes de Raccoon City (Resident Evil 2), dez anos antes, e sobre como os zumbis nascem pelo contato a uma arma biológica chamada "T-Virus". Entretanto, um bio-ataque terrorista transforma o presidente em uma das criaturas que ele visava denunciar. O trailer dá indícios de que Leon foi obrigado a matá-lo.
Do outro lado, o agenda da BSAA (Bioterrorism Security Assessment Alliance), Chris Redfield (protagonista de Resident Evil e Resident Evil 5) chega à China para investigar o motivo que levou um ataque similar a tomar parte no país mais populoso do mundo.
O foco do jogo parece ser mais centrado na ação, ao invés do clima de terror que caracterizou a série e eternizou o gênero conhecido como survival horror. Resident Evil 6 será lançado em 20 de novembro, para PlayStation 3 e Xbox 360. Veja abaixo o primeiro trailer do jogo:



IMAGENS:



"- I Can't Wait." *------*




E esse foi o nosso Especial RE6 (:
Espero que tenham gostado (:


"Mr. President!"


Valeu ;))

18 de jan de 2012

A Lenda Do Herói - Fase 1

Achei esse vídeo no Brogui e achei muito lecal #momentonerd
Tipo Mário mesmo XD


Vejam:


Valeu ;))

15 de jan de 2012

God Of War 4, Um Mito?

God of War 4 já está sendo desenvolvido e será lançado em setembro de 2012, de acordo com a não oficial, porém respeitadíssima, revista PSM3. No mês passado foi revelada em um currículo uma referência a “God of War 4 cinematic test”, ou seja, um teste dos vídeos e animações do jogo.
Embora o animador que anunciou a novidade tenha dito não se tratar de nada da série da Sony, a revista ainda disse mais: “PSM3 ouviu de outra fonte que God of War 4 está chegando e será lançado em setembro de 2012. Nossa fonte trabalha muito próxima do universo de God of War, e deixou escapar que ele estaria trabalhando, ao mesmo tempo, em um projeto relacionado ao jogo”.
Enquanto God of War 3 concluiu a tríade de jogos, a Santa Monica Studio já disse que “ainda não é o fim” para a brutalmente popular franquia do PlayStation 3. “É definitivamente o fim da trilogia, mas nós continuaremos a fazer games para a série GoW”.
Existem rumores de que o novo game da série contará com modo online cooperativo.
Conheçam Deimos, o irmão de Kratos Você já pensou que, com Kratos aposentado, a Sony pode decidir introduzir um novo personagem para o quarto jogo da série? É, parece um absurdo, mas isso realmente pode acontecer. Alguns jogos já fizeram isso, como é o caso de Devil May Cry 4, que trouxe Nero, um novo valentão para a série.
Isso, é claro, poderia deixar muitos fãs simplesmente furiosos. “God of War sem Kratos? Ah, conta outra”, eis uma frase que possivelmente seria ouvida antes do lançamento. Mas, e se esse novo personagem fosse ninguém menos que o irmão do próprio Kratos. Agora estamos falando a mesma língua!
Se você desconhece, Kratos não é o único filho em sua família. Antes de comentarmos isso, vale a pena dizer um pouco sobre o nascimento do próprio Fantasma Espartano. Segundo a mitologia, Zeus, o Rei dos Deuses, cria uma relação de amor e ódio com uma mera mortal. Dela, surge o nascimento de um bebê. Atormentado pela profecia de Cronos, que destruiu seu pai, Urano, Zeus teme que o mesmo possa vir a se repetir consigo, decidindo aniquilar seu próprio filho.
Mesmo assim, o Rei dos Deuses não conseguiu fazer o trabalho sujo com as próprias mãos, ordenando que sua mulher eliminasse o filho. A mãe então parte para uma estrada, onde deixa seu filho para que a natureza cuide do restante. Contudo, a criança acaba sendo salva por um guerreiro de Esparta, que imediatamente coloca o filho de Zeus em um intenso programa de treinamento para órfãos.
O jovem acaba se destacando no grupo, não somente por ser mais forte, rápido e ágil, mas também por ter a coregam de fazer coisas que nem mesmo os adultos seriam capazes. Com isso, surge o guerreiro que mais tarde ficaria conhecido como o Deus da Guerra: Kratos.
A origem de seu irmão, Deimos, é cercada por mistérios. Há quem diga que Deimos também participou do mesmo intenso programa para treinamento de Kratos, mas, não obteve a mesma sorte de seu irmão quando foi raptado por Ares e Atenas, que temiam a profecia de que o filho de Zeus mataria seu pai. O motivo desse sequestro são as marcas no corpo Deimos, as quais, supostamente, indicariam o assassino do Rei dos Deuses.
Entretanto, Kratos, furioso com o acontecimento, decide tentar atacar os sequestradores. Sem sucesso, o jovem é jogado para longe por Ares e acaba com uma cicatriz em seu rosto. Essa cicatriz é a verdadeira marca que indica quem será o responsável pela morte de Zeus.
Depois de tudo isso, o paradeiro de Deimos se torna uma incógnita. Independentemente disso, o fato é que ele existe e você pode até controlá-lo em God of War III. Como? Quem comprar God of War: Ghost of Sparta, ganha um código para desbloquear uma skin que transforma Kratos em seu irmão.
Mas será que a participação de Deimos na série se limita a isso? Será que o irmão de Kratos não receberá mais atenção da Sony? Provavelmente, Deimos tem muita história para contar e a Sony sabe disso. As chances de ele aparecer em um próximo game, quem sabe até em God of War 4, são enormes.

Não há como negar que a Sony ainda pode explorar, e muito, a série God of War. A grande dúvida é: como ela vai fazer isso? Além das possibilidades levantadas acima, existem também outras realmente curiosas, algumas indicadas pela própria desenvolvedora.
Quem jogou God of War: Collection e completou o game no Spartan Mode teve a chance de conferir um vídeo curioso no menu Treasures. Trata-se do Fate of the Titan, no qual a história dos momentos finais do titã Cronos é narrada por Gaia. O vídeo termina com menções aos tempos atuais, mostrando helicópteros que, supostamente, haviam encontrado o Templo de Pandora em algum lugar do mundo, com Gaia finalizando com a seguinte frase: “Um novo herói vai aparecer”.

God of War tem tudo para continuar. A excelente série da Sony ainda tem bastante lenha para queimar, mesmo que Kratos não esteja por perto. Agora, resta saber qual será o próximo passo. E que venha God of War 4!
Valeu ;))

5 de jan de 2012

Catástrofe em 2012? - 2ª parte - 3ª previsão de nossa senhora de Fátima

---- O POST ABAIXO É MUITO GRANDE, POR ISSO TERÁ PAGE BREAK----

Todos conhecemos os rumores, mas será verdade?
aqui vai a segunda última parte da série "Catástrofe em 2012?".





"Abaixo seguem algumas indicações sobre nosso tempo e a forma como foi calado até hoje o terceiro segredo de Fátima. Ele vai revelar a crise interior da Igreja, vai delatar a maçonaria eclesiástica e todo o comluio das trevas para destruir a Igreja católica. Estes são sinais claros da existência de uma besta, uma fera, em Roma, que até mesmo ao Papa consegue garrotear e quase imobilizar. Se fazem isso com Fátima, como não conseguirão conosco?
Padre Fuentes (1959 – 1965) – Entrevista com a Irmã Lúcia:
Em 26 de Dezembro de 1957 o Padre Augustín Fuentes, que estava a preparar-se para ser postulador das causas da beatificação de Francisco e Jacinta Marto, avistou-se com a Irmã Lúcia no seu convento em Coimbra, Portugal; e ali pôde conversar amplamente com a vidente de Fátima. Ao voltar ao México, o seu país natal, fez uma conferência sobre esse encontro, em que se referiu às palavras da Irmã Lúcia. O Padre Alonso, que seria mais tarde arquivista oficial de Fátima durante 16 anos, sublinhou que o relato da conferência foi publicado “com todas as garantias de autenticidade e com a devida aprovação episcopal, incluindo a do Bispo de Fátima.”
O Padre Fuentes afirmou que a mensagem vinha “da própria boca da principal vidente.”
Fontes: Este tema foi documentado em profundidade por Frère Michel de la Sainte Trinité no Volume III da sua obra Toute la Vérité sur Fatima (Toda a verdade sobre Fátima). O texto que se segue é a tradução que The Fatima Crusader fez dos textos em espanhol e inglês publicados no livro do Frère Michel The Third Secret (Volume III, pp. 336-338). Acrescentámos os subtítulos para maior conveniência.
O relatório do Padre Fuentes
“Quero falar-lhes da última conversa que tive com a Irmã Lúcia em 26 de Dezembro (do ano passado). Encontrei-a no seu convento. Estava muito triste, muito pálida e abatida. Ela disse-me”: “Ninguém fez caso”
“Senhor Padre, a Santíssima Virgem está muito triste, por ninguém fazer caso da Sua Mensagem, nem os bons nem os maus: os bons, porque continuam no seu caminho de bondade, mas sem fazer caso desta Mensagem; os maus, porque, não vendo que o castigo de Deus já paira sobre eles por causa dos seus pecados, continuam também no seu caminho de maldade, sem fazer caso desta Mensagem. Mas creia-me, Senhor Padre, Deus vai castigar o mundo, e vai castigá-lo de uma maneira tremenda. O castigo do Céu está iminente.”
O Segredo por revelar
“Senhor Padre, o que falta para 1960? E o que sucederá então? Será uma coisa muito triste para todos, e não uma coisa alegre, se, antes, o mundo não fizer oração e penitência. Não posso detalhar mais, uma vez que é ainda um segredo. Segundo a vontade da Santíssima Virgem, só o Santo Padre e o Bispo de Fátima têm permissão para conhecer o Segredo, mas resolveram não o conhecer para não serem influenciados. Esta é a terceira parte da Mensagem de Nossa Senhora, que ficará em segredo até 1960.”
A Rússia, o flagelo de Deus
“Diga-lhes, Senhor Padre, que a Santíssima Virgem repetidas vezes nos disse, tanto aos meus primos Francisco e Jacinta como a mim, que várias nações desaparecerão da face da terra. Disse que a Rússia seria o instrumento do castigo do Céu para todo o mundo, se antes não alcançássemos a conversão dessa pobre nação.”
“A batalha decisiva” entre Maria e Satanás: a queda das almas consagradas e dos sacerdotes.
A Irmã Lúcia disse-me também: “Senhor Padre, o demónio está travando uma batalha decisiva contra a Santíssima Virgem. E como o demónio sabe o que é que mais ofende a Deus e o que, em menos tempo, lhe fará ganhar um maior número de almas, trata de ganhar para si as almas consagradas a Deus, pois que desta maneira o demónio deixa também as almas dos fiéis desamparadas pelos seus chefes, e mais facilmente se apodera delas.”
“O que aflige o Imaculado Coração de Maria e o Sagrado Coração de Jesus é a queda das almas dos Religiosos e dos Sacerdotes. O demónio sabe que os Religiosos e os Sacerdotes que deixam a sua bela vocação arrastam numerosas almas para o inferno. […] O demónio quer tomar posse das almas consagradas. Tenta corrompê-las para adormecer as almas dos leigos e levá-las deste modo à impenitência final. Emprega todos os truques, chegando até a sugerir que adiem a entrada na vida religiosa. Disto resulta a esterilidade da vida interior, e entre os leigos uma frieza (falta de entusiasmo) quanto à renúncia aos prazeres e à sua dedicação total a Deus.”
O que santificou Jacinta e Francisco
“Diga-lhes também, Senhor Padre, que os meus primos Francisco e Jacinta se sacrificaram porque, em todas as aparições da Santíssima Virgem, sempre A viram muito triste. Nunca nos sorriu. Esta tristeza, esta angústia que notámos n’Ela, penetrou nas nossas almas. Esta tristeza é causada pelas ofensas contra Deus e pelos castigos que ameaçam os pecadores. E assim, nós, crianças, por não sabermos o que fazer, inventávamos várias maneiras de rezar e de fazer sacrifícios.” Outra coisa que santificou estas crianças foi terem uma visão do inferno.
A missão da Irmã Lúcia
“Senhor Padre, eis porque a minha missão não é indicar ao mundo os castigos materiais que certamente virão se antes o mundo não rezar e se sacrificar. Não! A minha missão é indicar a todos o perigo iminente em que estamos de perder as nossas almas para toda a eternidade, se nos obstinarmos no pecado.”
A urgência da conversã
o
A Irmã Lúcia também me disse: “Senhor Padre, não devemos esperar que venha de Roma, da parte do Santo Padre, um apelo ao mundo para que faça penitência. Nem devemos esperar que esse apelo à penitência venha dos nossos Bispos, nas nossas Dioceses, nem das congregações religiosas. Não! Nosso Senhor já usou muitas vezes destes meios, e o mundo não prestou atenção. Eis porque, agora, é necessário que cada um de nós comece a reformar-se espiritualmente. Cada pessoa deve não só salvar a sua alma como também ajudar a salvar todas as almas que Deus colocou no seu caminho.”
“O demónio faz tudo o que está em seu poder para nos distrair e nos retirar o amor à oração; seremos todos salvos ou seremos todos condenados.”
Os últimos tempos
“Senhor Padre, a Santíssima Virgem não me disse que estamos nos últimos tempos do mundo, mas fez-mo compreender por três razões.”
A batalha final
“A primeira razão é porque Ela disse-me que o demónio está travando uma batalha decisiva contra a Santíssima Virgem. E uma batalha decisiva é a batalha final, em que um lado será vencedor e o outro lado sofrerá uma derrota. Assim, a partir de agora devemos escolher o nosso lado. Ou somos por Deus ou somos pelo demónio. Não há outra possibilidade.”
Os últimos remédios
“A segunda razão é porque Ela disse aos meus primos, como também a mim, que Deus está a oferecer os dois últimos remédios ao mundo. São eles o Rosário e a devoção ao Imaculado Coração de Maria. São os dois últimos remédios, o que significa que não haverá outros.”
O pecado contra o Espírito Santo
“A terceira razão é porque, nos planos da Divina Providência, Deus esgota todos os outros remédios antes de castigar o mundo. Mas quando Ele vê que o mundo não presta qualquer atenção, então – como dizemos na nossa maneira imperfeita de falar – oferece-nos com ‘temor certo’ o último meio de salvação, a Sua Santíssima Mãe. E é com ‘temor certo’ porque, se desprezarmos e repelirmos este último meio, não teremos mais nenhum perdão do Céu, porque teremos cometido um pecado a que o Evangelho chama pecado contra o Espírito Santo. Este pecado consiste em rejeitar abertamente, com pleno conhecimento e consentimento do acto, a salvação que Ele nos oferece. Recordemos que Jesus Cristo é um Filho muito dedicado, e que não permite que ofendamos e desprezemos a Sua Santíssima Mãe. Ao longo de muitos séculos da história da Igreja, recolhemos o testemunho certo que demonstra, através dos castigos terríveis que caíram sobre os que atacaram a honra da Sua Santíssima Mãe, como Nosso Senhor Jesus Cristo sempre defendeu a honra da Sua Mãe.”
Oração e sacrifício, e o Rosário
A Irmã Lúcia disse-me: “Os dois meios para a salvação do mundo são a oração e o sacrifício.”
A respeito do Rosário, a Irmã Lúcia disse: “Repare, Senhor Padre, que a Santíssima Virgem, nestes últimos tempos em que vivemos, deu uma nova eficácia à recitação do Rosário. E deu-nos esta eficácia de tal maneira que não há problema temporal ou espiritual, por mais difícil que seja, na vida pessoal de cada um de nós, das nossas famílias, das famílias do mundo ou das comunidades religiosas, ou mesmo da vida dos povos e nações, que não possa ser resolvido pelo Rosário. Não há problema, afirmo-lhe, por mais difícil que seja, que não possamos resolver rezando o Rosário. Com o Rosário, salvar-nos-emos. Santificar-nos-emos. Consolaremos a Nosso Senhor e obteremos a salvação de muitas almas.”
Devoção ao Imaculado Coração de Maria
“Finalmente, a devoção ao Imaculado Coração de Maria, nossa Mãe Santíssima, consiste em considerá-La como fonte de misericórdia, de bondade e de perdão, e como a porta segura pela qual entraremos no Céu.”1
Reacção eclesiástica à entrevista
A entrevista do Padre Fuentes à Irmã Lúcia, ao ser publicada, produziu – embora apenas um ano mais tarde – uma forte reacção por parte da Cúria Episcopal de Coimbra, Diocese em que se situa o convento da Irmã Lúcia. Foi publicado um comunicado anónimo, acusando o Padre Fuentes de inventar estas declarações da Irmã Lúcia, e dizendo que a própria Irmã Lúcia as tinha desmentido como não sendo verdadeiras. A Cúria declarou que o Padre Fuentes tinha fabricado as declarações que atrás reproduzimos. Até hoje, ninguém quis assumir a responsabilidade por este comunicado, o que, sob o ponto de vista legal, anula qualquer valor que pudesse ter.
No México, o Arcebispo Manuel Pío López e o Cardeal José Garibi y Rivera defenderam o Padre Fuentes, mas em vão. Foi demitido do seu cargo de postulador da beatificação de Jacinta e Francisco, e substituído depois pelo Padre Luís Kondor.
Comentário
O que aconteceu para provocar uma tal celeuma? Alguém está a mentir em relação à entrevista entre o Padre Fuentes e a Irmã Lúcia. Tanto o Padre Kondor como o Padre Alonso acreditavam que o Padre Fuentes não falsificou o relato da sua entrevista com a Irmã Lúcia. Depois de ser nomeado arquivista oficial de Fátima em 1966, o Padre Alonso inicialmente acreditou que o Padre Fuentes tinha fabricado as declarações que atribuiu à Irmã Lúcia. Porém, tendo estudado os arquivos de Fátima durante dez anos e falado com a Irmã Lúcia, o Padre Alonso mudou de opinião e tentou até reabilitar o Padre Fuentes. Declarou que o texto da conferência deste “não diz nada que a Irmã Lúcia não tenha dito nos seus numerosos escritos conhecidos do público.” Acrescentou ainda que “o texto autêntico […] na minha opinião, não contém nada que pudesse levar à nota de condenação divulgado em Coimbra.”2 Podemos, pois, concluir com segurança que a reacção da Cúria à publicação da entrevista do Padre Fuentes é uma indicação de que interessa a alguém que a Mensagem da Irmã Lúcia seja silenciada.
Notas:
Frère Michel de la Sainte Trinité, The Whole Truth About Fatima, Volume III: The Third Secret, (Immaculate Heart Publications, Buffalo, New York, 1990), pp. 504-508.
O Padre Alonso começou por aceitar que o Padre Fuentes tivesse inventado a entrevista. Mas em 1975, depois de ter estudado os documentos de Fátima durante algum tempo, concluiu que o texto teria procedido da Irmã Lúcia. Para mais informações, cf. The Whole Truth About Fatima, Vol. III, pp. 552-554."



Eu Acredito, que está cada vez mais perto sim, mas não agora. E você? No que acredita? (:

Beijos

Valeu ;))

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...